Os jogos de cartas são outros de nossos jogos clássicos indispensáveis!

Os jogos de cartas são apreciados por todas as gerações, inclusive por nós da melhor idade!

Os jogos de cartas são apreciados por todas as gerações, inclusive por nós da melhor idade!

Talvez os leitores do nosso blog sejam de uma época onde não havia um acesso tão grande aos jogos de vídeo dos quais vamos falar aqui hoje. Se, por acaso, for um destes leitores, então tente compreender de que quando éramos crianças não havia nem iPhone 6, PCs, Playstation, vídeo games como existem hoje – e que são encontrados com bastante facilidade.

E tente – antes de comentar dizendo que o jogo não presta ou que não vai jogar porque não irá gostar – jogar antes de falar. Muitas pessoas podem fazer comentários com as intenções de dissuadir outros leitores que querem jogar, mas todos nós temos de ter experiências pessoais.

Uma vez que ficou tudo claro, iremos iniciar o nosso post sobre os jogos que muitas pessoas – incluindo eu – continuam a jogar e a amar, mesmo com os avanços que a tecnologia tem feito. Refiro-me aos jogos antigos, velhos, mas bons. Os jogos de cartas.

Jogos de Cartas e Baralho

Nada como jogar baralho como os amigos ou mesmo sozinho

Nada como jogar baralho como os amigos ou mesmo sozinho

Como já foi dito, a nossa geração não teve um fácil acesso aos jogos. Até porque era impossível tirar de um iPhone – não havia – e jogar um dos 300 jogos que tínhamos baixado. E se falarmos dos nossos pais e mesmo avós, ainda é pior.

Os jogos de cartas – e também de tabuleiros – eram aquilo que se jogava em tempos quando não havia estas tecnologias que permitiam jogar vídeo games. Naquela época eram abundantes e uma forma de distração. Toda a gente sabia jogar diversos jogos e tipos, e passavam-se dias e noites entre amigos e familiares a jogar às cartas. As pessoas gostavam de fazê-lo. Clássicos como o Solitário, BlackJack, Buraco, Canastra, Caixeta, o solitário Freecell, entre muitos outros jogos de baralho e cartas, eram os jogos que se jogava e que eram conhecidos por todos.

Não há quem não goste de um bom jogo de solitário ou paciência

Não há quem não goste de um bom jogo de solitário ou paciência

O mais fascinante é que há milhares de tipos e de versões dos jogos de cartas que existiam pronto para serem jogados em qualquer parte do mundo. A quantidade de jogos de cartas que existem são incontáveis. As pessoas usaram aquilo que tinham – o baralho – e criaram imensos jogos e suas variações para que se pudessem divertir e passar o tempo, e até hoje ainda persistem – esses jogos – nas nossas vidas e na nossa cultura.

juego freecell

Freecell

Os jogos de cartas são bastante importantes e já estão integrados nas culturas pelo mundo. Sejam estes modernos (como a paciência spider e o freecell) em que são jogados com cartas de série ou mesmo os tradicionais e antigos, onde é usado um baralho normal, as pessoas continuam a jogar.

Não há duvida que os jogos de cartas são parte da nossa cultura, e tão cedo não deixaram de o ser. E isso tem sido provado, pois mesmo com os avanços tecnológicos, os jogos continuam a ser algo bastante comum, seja online ou não. Esta adaptação foi muito bem conseguida, e foi um marco importante, pois não se desistiu dos jogos de cartas como muitos poderiam fazer.